BËL (12)
BRÜ (00)
Sofista Il 20 dicembre 2018 — DeRango: 23,52


Area sponsor. La vedono solo gli utenti non registrati.


Commenti all'ascolto

tia
tia Presidénte onoràrio
Decisamente tra i miei preferrimi
BËL (01)
BRÜ (00)

sfascia carrozze
Gentile Sofi(st)a, non lo stia ad ascoltare il barbuto DeTurbantato, lì.
Fino all'altroieri ricordiamo tutti ché millantava ascolti di solo grind-industrial Thailandese.
BËL (01)
BRÜ (00)

Sofista: 😂 😂 Beh è musica di nicchia
tia: matanza grindcore peru In verità sono devoto al grindcore peruviano.
Stanlio
João telegrafista.
Nunca mais que isso,
estaçãozinha pobre
havia mais árvores pássaros
que pessoas.
Só tinha coração urgente.
Embora sem nenhuma
promoção.
A bater a bater sua única
tecla.

Elíptico, como todo
telegrafista.
Cortando flores preposições
para encurtar palavras,
para ser breve na necessidade.
Conheceu Dalva uma Dalva
não alva sequer matutina
mas jambo, morena.
Que um dia fugiu — único
dia em que foi matutina —
para ir morar cidade grande
cheia luzes jóias.
História viva, urgente.

Ah, inutilidade alfabeto Morse
nas mãos João telegrafista
procurar procurar Dalva
todo mundo servido telégrafo.
Ah, quando envelhece,
como é dolorosa urgência!
João telegrafista
nunca mais que isso, urgente.

II

Por suas mãos passou mundo,
mundo que o fez urgente,
elíptico, apressado, cifrado.
Passou preço do café.
Passou amor Eduardo
VIII, hoje duque Windsor.
Passou calma ingleses sob
chuva de fogo. Passou
sensação primeira bomba
voadora.
Passaram gafanhotos chineses,
flores catástrofes.
Mas, entre todas as coisas,
passou notícia casamento Dalva
com outro.

João telegrafista
o de coração urgente
não disse palavra, apenas
três andorinhas pretas
(sem a mais mínima intenção simbólica)
pousaram sobre
seu soluço telegráfico.

Um soluço sem endereço — Dalva —
e urgente.


Publicata nel libro Poemas murais, 1947/1948 (1950) dal poeta Cassiano Ricardo
BËL (01)
BRÜ (00)

Dislocation
Piripiripiripiripiri e via così.............
BËL (00)
BRÜ (00)

lector
A proposito di telegrafo, eccounasipatica canzoncina (dei grandi Pearls Before Swine) basata sulla parola "fuck" suonata in linguaggio Morse
Ebbe pure un discreto successo, prima che la facessero scomparire dalle programmazioni radio quando si accorsero di qual'era la frase in Morse, e se ne accorsero i boy scouts (gli unici che capivano il Morse nei sixties)!

BËL (00)
BRÜ (00)

sergio60: Lo vedi?... Poi viemme a di che fa lo scout è Na bojata...
tia
tia Presidénte onoràrio
Certo ci volevi tu @[sofista] per portare Jannacci ascolto dell'ottimo in casapagina ! Lodi a te!!
BËL (01)
BRÜ (00)

Sofista: ONORATA ;)

Ocio che non hai mica acceduto al DeBasio!

Per vivere con pienezza la vera esperienza dello stare sul DeBaser è bello esserci registrati. Quindi: